E a minha dentadura, cadê??!!


O reencontro sempre trará a possibilidade de nos depararmos com velhas atitudes, velhos conceitos,e muitas vezes,rever trajetórias... É esse o caminho que percorremos! E o mundo dá muitas voltas,muitas reviravoltas!
Ser incapaz de mudar certas atitudes,permanecer dentro do mesmo círculo vicioso parece ser o caminho mais fácil....
Quem frequenta sempre este blog deve lembrar daquela senhora da" presa mestra", aquela que tinha somente um dente na boca e que infelizmente necessitou extraí-lo. Pois é amigos, ela voltou!! Como voltou? Simples,mas triste! Durante a semana a encontrei dentro da Unidade de Saúde que trabalho,a intenção dela não era fazer uma consulta odontológica,mas ao me ver foi logo falando em voz alta:"E a minha dentadura,cadê?"... A mais pura verdade,ela necessita urgente de uma dentadura,pois somente os dentes artificiais irão recompor, em parte,cerca de 20% da sua mastigação, voz,estética,e só assim ela voltará a ter uma vida mais saudável.Mas como ela conseguirá? O Nosso sitema é muitas vezes injusto,e não disponibiliza um atendimento integral,como a recomposição da arcada dentária através de uma prótese,por exemplo. É claro amigos,que existem exceções,raras,mas existem,aonde haverá continuidade no atendimento,possibilitando mais conforto e satisfação ao paciente que procura o serviço público. Pois,geralmente ,quem procura esse tipo de atendimento não tem outra alternativa,mas muitas vezes ele é tão falho que não cumpre seu papel fielmente.
Não é de se estranhar que temos um modelo de sistema público muito bem estruturado,mas apenas na teoria,porque na prática não funciona tão bem assim... Aí surgem os famosos distúrbios sociais,como a marginalização,o preconceito,a fome,a miséria total e absoluta. E é o nosso dinheiro que está sendo mal empregado,são impostos que pagamos... E vamos continuar pagando por muito tempo,e as pessoas mais carentes ,infelizmente irão continuar marginalizadas. Sem dentes,sem comida,sem emprego,sem voz e nem vez! Até quando?
Poderia continuar citando inúmeros problemas,mas todos são visíveis,estão na nossa cara,estão na esquina da nossa casa,na porta do nosso trabalho...
Podemos começar mudando dentro de nós,na nossa casa,no nosso trabalho,na nossa rua,no nosso bairro. Mudanças pequenas,mas significativas.
Abraço a todos
2 Responses
  1. priscily Says:

    mais kd a dentarura???
    kd a comida?? kd a saúde?? e a educação kd??

    eita governozinho esse...de um passo pra frente volta 10...

    mais é isso amigo.. temos que continuar tentando.. que um dia vamos ajeitar a situação dessas pessoas desfavorecidas..


  2. Silvio Says:

    Enquanto houver corrupção e pessoas sem caráter em todos os setores do governo, não haverá "dentadura" ou qualquer outra assistência. De que vale ter o melhor sistema de saúde público no papel se na realidade o atendimento é precário e medíocre? Falta de dinheiro não é. São Paulo tem o maior número de elicopteros privados no mundo e ao mesmo tempo o número de pessoas morrendo de fome se compara com um dos países mais pobre da Africa.
    Obrigado Amilton por apesar de se encontrar na classe de elite, ainda manter a humildade e senso de justiça.